Manutenção industrial 4.0: O que é e quais os benefícios para sua empresa

Antes de entender o que é manutenção industrial 4.0, é importante descobrir o que é a Indústria 4.0. Nesse contexto, se trata das tecnologias de automação industrial e o uso da inteligência artificial no dia a dia.

Há outros pontos incluídos nisso, como por exemplo: robótica, big data e a internet das coisas. Portanto, a indústria 4.0 tem muita relação com o avanço tecnológico e também com os meios de produção da indústria tradicional.

Agora que você entendeu isso, o próximo passo é explicar o que é a manutenção industrial 4.0, para que serve e os benefícios para a sua empresa. Desse modo, confira abaixo as informações sobre esse assunto.

Indústria 4.0 – Onde começou e para onde vamos? - I.Systems

O que é a manutenção industrial 4.0?

A manutenção industrial 4.0 nada mais é do que mudar o foco da manutenção preventiva para preditiva. A manutenção preditiva consiste no uso de técnicas analíticas para monitorar a vida útil dos componentes industriais em tempo real e definir o melhor momento para realizar uma troca, por meio da análise dos dados coletados ao longo do tempo. Normalmente são analisadas variações de características como vibração, temperatura, surgimento de trincas, perdas elétricas e gasosas e características de óleos. Portanto, o objetivo é identificar as fontes potenciais de falhas e evitar que elas possam acontecer, não é mesmo?

Esse é um dos motivos para esse tipo de manutenção ter se tornado um dos pilares das indústrias 4.0. Confira abaixo 6 fatores que demonstram para que serve a manutenção industrial 4.0:

  • Facilita o processo decisório com o acesso aos dados de forma instantânea;
  • Otimiza a comunicação e conexão entre as pessoas e as fábricas inteligentes, usando a computação em nuvem e Internet das Coisas (IoT);
  • Propõe uma cópia virtual das fábricas e isso possibilita rastrear, assim como monitorar, os processos;
  • Descentraliza os processos, uma vez que as decisões são tomadas com o acesso aos dados que as máquinas passam;
  • Utiliza arquiteturas de softwares para os serviços relacionados aos recursos da IoT;
  • Acopla e desacopla os módulos de produção, ou seja, flexibiliza o processo.

A manutenção industrial 4.0 nada mais é do utilizar os conceitos que são inerentes à quarta revolução industrial. Em outras palavras, as próprias máquinas aprendem a identificar o que está errado e corrige automaticamente tal erro ou informa a necessidade de correção do erro.

Funcionamento da manutenção industrial 4.0

A manutenção industrial 4.0 varia de acordo com os avanços da tecnologia. No entanto, é possível listar alguns aspectos que se relacionam com quatro grandes pontos, que são os seguintes:

  • Previsibilidade de falhas– o processo consiste em analisar as falhas, ou seja, o que traz alguma limitação aos equipamentos. Nesse sentido, a manutenção industrial 4.0 monitora o tempo de vida útil dos equipamentos e indica o momento certo de trocar, por exemplo.
  • Elevação da produtividade da manutenção– aumentar o nível de produção técnica não é simples, mas a manutenção industrial 4.0 aponta direções. Assim, se destacam: realidade aumentada, visão artificial e robô colaborativo para que a produtividade aumente.
  • Redução dos custos de manutenção– quanto menor for o custo, desde que não prejudique a qualidade, melhor o cenário se torna para a empresa. Com a manutenção industrial 4.0, é possível reduzir estoques de peças de reposição e ter mais velocidade na aquisição de novas peças.
  • Aumento técnico da equipe– com os avanços da indústria 4.0, a equipe técnica de trabalho precisa se desenvolver mais. Para isso, é possível utilizar alguns recursos, como: realidade aumentada, visão artificial e simulação avançada.

Com a manutenção industrial 4.0, é possível substituir a mão de obra em atividades muito repetitivas por robôs colaborativos. Além disso, as falhas no processo são diminuídas e para isso basta usar as técnicas de simulação.

Com os avanços tecnológicos, é possível reduzir o quadro de funcionários e não perder produtividade. Em resumo, a indústria 4.0 está se tornando uma realidade e isso irá requerer uma nova forma de manutenção para ela.

Estudo sobre Indústria 4.0 aponta que parte das empresas desconhece  tecnologias existentes no mercado - Sistema FIEC - Federação das Indústrias  do Estado do Ceará

Benefícios

Quando a empresa adota a manutenção industrial 4.0, o cenário melhora e a empresa terá alguns benefícios. Desse modo, chegou o momento de conferir quais são eles e a importância que possuem para o negócio:

  • Aumenta a eficiência nos produtos ou serviços oferecidos aos clientes;
  • Agiliza as respostas, porque traz mais agilidade e flexibilidade;
  • Aumenta a disponibilidade do ativo, pois aumenta a eficiência e eleva o aproveitamento do tempo de vida útil de um bem;
  • Baixa os impactos inerentes à disponibilidade, custo de manutenção e também inclui a operação dos ativos, uma vez que reduz o tempo de ocorrência da falha até a tomada de decisão sobre o que fazer;
  • Gera mais vantagem estratégica no mercado e por isso aumenta o nível de confiança nos seus ativos, bem como no maquinário;
  • Leva a empresa a operar de forma sustentável e com maior economia de energia, assim como de recursos naturais.

Ficou claro que a manutenção industrial 4.0 contempla toda a empresa e gera uma série de melhorias. Dentre elas, é possível citar: melhora a relação com a base de clientes e também com os próprios fornecedores.

Como a manufatura pode prosperar em um mundo digital? | futurecom.com

Exemplos de como acontece no dia a dia de uma empresa

  • Imagine o desgaste de peças e concorda que acontece? Porém, atualmente é possível monitorar através de sensores na fábrica. Em seguida,  descobre-se eventuais anomalias com o acesso a informações em tempo real sobre aquela peça.
  • Pense em uma máquina que está trabalhando com superaquecimento e a empresa é uma Indústria 4.0. Através do monitoramento em tempo real, envia-se um sinal de alerta e o próprio sistema irá identificar o que pode ocasionar o problema.
  • Com a Indústria 4.0, uma indústria do ramo de alimentação pode ter um sistema que monitore as operações. Além disso, também envia-se um alerta de falhas com todo o diagnóstico sobre essa máquina.
O salto qualitativo para a Indústria 4.0 | Máquinas e Equipamentos

Como a manutenção industrial 4.0 preditiva funciona?

Para entender a manutenção industrial 4.0, pense na antecipação e na identificação da raiz do problema. Por fim, as máquinas e os equipamentos têm os seus sintomas identificados, em seguida o problema não se torna uma realidade.

A manutenção industrial preditiva está relacionada com a antecipação das falhas. Portanto, algumas ferramentas são utilizadas, como por exemplo: análise de vibração, ultrassom, inspeção visual e técnicas de análise não destrutivas.

A Primeira Linha oferece serviços, equipamentos e produtos qualificados para a manutenção preditiva, em consonância com as necessidades da indústria 4.0, que envolvem montagem e desmontagem de rolamentos, alinhamento a laser de eixos e transmissões, alinhamento de cardans, análise de falhas em rolamentos, análise de vibração, endoscopia, monitoramento de máquinas e equipamentos, tensionamento de correias e polias de transmissão, termografia, ultrassom, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.